Produtor de Café - Carlos Altoé

Publicado: 03/10/2017






Uma história que está na quarta geração do cultivo de café e revela na xícara uma bebida que quando extraída, dá a sensação e a lembrança do café de casa! Uma ligação de aroma e memória afetiva!

Em 1880 imigrantes italianos desembarcaram no Rio Benevente em Alfredo Chaves no Espírito Santo, após a chegada cada família de imigrante recebeu cerca 50 hectares para começar os cultivos na região do Caxixe – Vale do Caxixe em Castelo – ES.

Nesta distribuição de terras, Giusepe Altoé bisavô de Carlinhos junto com Luiza Minete começaram o plantio dos cafezais. Na década de 70 a família Altoé adota a técnica da época e inicia o plantio em curvas e níve,l evitando assim a erosão e preservando o solo.


Em 2002 foi o início da produção do café especial e o produtor Carlos Altoé desde então busca evolução e melhorias no processo e manuseio do grão, o respeito pelo solo e pela sua história honra um café onde ele mesmo diz com todo orgulho: “me sinto honrado em dar seguimento a esse maravilhoso trabalho na cafeicultura, em homenagem a quem tanto lutou para iniciar o cultivo nessas terras!” – Carlos Alberto Altoé



O Café do Vale do Caxixe

Cultivado entre 850m e 1000m de altitude, localizado na encosta de uma pedreira, levemente sombreado, próximo de uma cachoeira. Segundo Carlinhos: “Uma leve brisa atinge o café durante a manhã”


No processo de manuseio de cereja descascado suas notas são caldo de cana, mel e caramelo, seu corpo é intenso e acidez equilibrada, um café que agrada a todos os gostos e agracia todas as manhãs com aroma e sabor da casa da vovó, você vai querer esse café na sua xícara!

Voltar